sábado, 23 de junho de 2018

Reflexão sobre Quem está do Nosso Lado

Uma coisa é certa, quando a gente menos espera acontece algo que nos mostra quem realmente são as pessoas com quem podemos contar, isso é algo que eu considero bem verdade. Os amigos que mais podemos contar muito geralmente são pessoas que não nos julgam pelo que aparentamos ser, que não nos apontam o dedo na cara se algo que venha de nós não der certo. Todos temos falhas e defeitos para melhorar, coisas em nosso comportamento, da qual se faz necessário modificações, é algo normal, afinal, ninguém é perfeito, e é preciso que olhemos pra isso com atenção, o homem foi feito para evoluir, aprender com a vida, progredir e não parar no tempo - pra assim deixar sua marca na história, claro, para quem tem esta vontade, nada é obrigatório.



Me recordo de muitas vezes, na infância, ser ajudado por meio de inúmeras amigas da minha mãe, não tive uma infância muito fácil, mas sempre que precisávamos, alguém estava lá com as mãos estendidas, e isso é um sinal muito bonito de que na verdade não estamos sozinhos no universo. Minha mãe sempre ajudou as pessoas da maneira como podia, por gratidão ao universo de tantas vezes ela ter precisado de alguém que nos estendesse a mão, e sempre aconteceu. Hoje essas histórias se repetem, não estou passando por um período fácil, mas graças a Deus sempre tem um anjo em forma de amigo que me socorre, o período da faculdade cobrou de mim alguns sacrifícios, e estou arcando com eles, quando isso tudo passar, com fé em Deus terei mais condições de não precisar mais passar por fases de dificuldade como esta, Deus vai na frente. 

Gratidão pela visita. 
Me segue lá pelo Twitter: @jhonyuriel777 



terça-feira, 19 de junho de 2018

Visita à Bola de Neve

Há não muito tempo atrás, a convite de alguém especial do meu convívio, fui visitar a Igreja Bola de Neve, e lá reparei algumas coisas muito peculiares com relação à impressões que vinha tendo já de um tempo sobre a postura das pessoas da religião evangélica, dentre as coisas que muito reparei, o que mais me intriga é o uso da psicologia fortemente aplicado para convencer há qualquer custo as pessoas às convicções do que eles acham ser o certo, algo que muito poucas pessoas se dão conta, e que é na verdade um perigo e tanto, e me incomoda profundamente, é que eles fazem uso muito frequentemente da psicologia, e isso - pra quem vê de fora, como eu - é muito claro. A religião muito dificilmente dialoga com a política, até pois a voz que mais deve ser escutada e seguida é sempre a deles, as pessoas lá não são convidadas a pensar, e sim à reproduzir discursos, que não sempre, mas em algumas vezes são pra lá de equivocados.



          Com o meu texto não estou afim de declarar guerra à ninguém, até pois quem me conhece sabe que eu não sou de desrespeitar a religião dos outros pelo mesmo motivo que não gosto quando alguém desrespeita a minha, escrevo este texto pra lançar diálogo a cerca do quanto que somos influenciáveis ou não. Não cheguei a me sentir ruim enquanto estive lá, pelo contrário, foi uma visita pra lá de agradável, são apenas algumas observações que fiz enquanto pessoa que visita, e também deixar a minha impressão à respeito do lugar, que é pra lá de aconchegante e bem organizado, e eu adorei visitar.

Me adiciona lá pelo Twitter:
@jhonyuriel777

Como sempre, gratidão por haver passado aqui no meu Blog, um beijão aí...

quinta-feira, 14 de junho de 2018

Muito Em Breve "Som das Tribos", o novo trabalho de Cristoilma

Em quando se trata de Diva, palavra que  sempre vem à cabeça é grandeza, uma diva na minha concepção tem duas faces muito distintas uma da outra pra conseguir dar vazão às coisas que vem junto ao brilho que os holofotes apenas maximizam, pois já existe, em outras palavras, não só de glamour que vive uma estrela. A exemplo das grandes divas que conhecemos, como Aretha Franklin, Cher, Barbra Streisand, Tina Turner, dentre outras personalidades, não só da música, mas do cinema também, e de outras áreas até, todo o sucesso vem por meio de luta, de batalha e claro, de muito trabalho, e esse é um apenas, dentre os inúmeros motivos que temos pra falar hoje de Cristoilma, ela que não está no mercado há 2 anos ou 3 anos, muito mais que isso, tem uma trajetória de mais de 30 anos na música, sempre inovando e surpreendendo em suas performances e aparições públicas.


Após realizar tantos trabalhos, lançar tantas músicas, interpretar tantas canções, Cristoilma hoje serve de assunto para um trabalho que realizei muito recentemente, o Ensaio Fotográfico "Por trás de uma Diva", que revela Cristoilma por uma ótica que, infelizmente, poucas pessoas enxergam (devido a não ser conhecida nacionalmente), aqui vamos descobrindo uma mulher de muita força e garra.

A intérprete de "A Esmo" , "Soul Brasil", "Declaro" , "#Fui" e de tantas outras canções, tem em seu histórico conquistas pra lá de honrosas, é vencedora de inúmeros festivais de música, madrinha de bateria, artista destaque de muitas edições do comentado evento anual MPBelas, que tem como proponente e organizadora a também artista Dolores Baiana, prepara seu mais novo trabalho ainda para o ano de 2018: "Som das Tribos". Enquanto o seu novo material não é lançado, confira abaixo o resultado do Ensaio Fotográfico realizado com Cristoilma:
















Não deixe de me seguir no Twitter: @JhonyUriel e também conferir o trabalho musical de Cristoilma, disponível no YouTube e também pelo Facebook. 

sábado, 26 de maio de 2018

Quando é de Verdade Nunca Vai Acabar

É, minha gente, tem coisas na vida que realmente não dá pra entender. As pessoas tem o péssimo costume de mudar de ideia o tempo todo, no que diz respeito inclusive a outras pessoas, nas relações, no convívio, é um assunto louco de se falar, mas bem necessário. Me aborrece um pouco quando alguém não liga pros sentimentos que tenho, por esta razão sempre procuro tratar de maneira especial a quem me gosta, as amizades são de suma importância nas nossas diferentes fases, isso ninguém pode negar. 
 

Hoje reflito que quando alguém, por algum desentendimento, briga comigo e deixa os vínculos de lado, corta contato e tudo mais, é por que a amizade e o carinho nunca foi sincero de verdade. Pelo menos esta é a minha maneira de pensar. Gosto de pensar que os laços, quando verdadeiros, duram para sempre, e veja que o sempre é algo muito geralmente grande demais, pois bem, é assim que vejo. Meus sinceros votos aí de uma ótima semana pra você, obrigado pela singela visita.

Meu Twitter, se puder seguir:
@jhonyuriel777

Gratidão
         

quarta-feira, 23 de maio de 2018

Somos Prudentes e Cautelosos?

Oi gente querida,

Já acordei pensando e refletindo sobre como é bom fazer as coisas com consciência, dar sempre ouvidos à voz do coração, porém, equilibrar tudo ponderadamente com o juízo, pra evitar de quebrar a cara sabe? Nossa, viver isso é um sonho, não depender dos outros pra se estar feliz, é algo da qual eu indico a qualquer pessoa. 



          Acordei agora à pouco, eram 6:12h da manhã e alguma coisa me fez ligar o rádio bem baixinho ao lado da cama, e coincidentemente, a canção que estava tocando era "Heart of Stone", da Cher. E esta música fala de tantas coisas, dentre elas sobre tantas pessoas que por muitas vezes dariam tudo para poder ter um coração feito de pedra, pra não sentir certas chateações, aborrecimentos, decepções, enfim. São coisas da vida, na verdade, porém, afirmo que melhor ainda do que ter esse coração gélido ou petrificado, é fundamental ser consciente, de maneira plena, ter os pés firmados no chão, isso é um adianto e tanto. Não que não se possa sonhar em tocar  as estrelas com os próprios dedos, me refiro apenas ao fato de que é bom sermos homens e mulheres prudentes, pra evitar maiores desgastes com o nosso amiguinho que mora no peito, ali do lado esquerdo.

Segue abaixo a canção que comentei no texto:



Me segue no Twitter, estou diariamente por lá: @jhonyuriel777

terça-feira, 22 de maio de 2018

Sobre Quando Subestimam a Gente

Bom dia gente querida,

Ontem fiquei pensando numa coisa, refletindo sobre a premiação da Billboard quando vi a apresentação da Janet Jackson, pensei sobre o quando fazemos por merecer as coisas simplesmente vem, rápido ou devagar, mas sempre vem. Tem pessoas que se escoram nas outras pra poder justificar ou culpar o não acontecimento dos seus feitos, quando na verdade cada um é muito responsável sobre si, creio muito nisso, piamente.

          Não sou um profundo conhecedor da Janet, porém o pouco que sei é que ela sempre viveu à sombra do talento do irmão, e com todos a comparando e a diminuindo por ela não ter o mesmo êxito que o irmão obtivera com seus grandes sucessos fortemente reproduzidos em todos os lugares do mundo, porém as pessoas esquecem de olhar um pouco mais pro trabalho dela com o mesmo carinho, ela que tem em seu repertório apenas músicas próprias desde...Sempre. Rsrsrs. As patessoas nunca pararam pra ler sobre Janet, saber um pouco de sua história e de suas conquistas. Algo que acho muito peculiar é que ela canta apenas músicas próprias em suas turnês e apresentações, não canta o repertório do irmão - como era esperado de se acontecer, e também como todas as pessoas acham que é. Fato que também é peculiar é o de durante um período de sua carreira, devido a tantas comparações de seus números de recordes com os números de seu falecido irmão, a artista deixou de assinar como Jackson em um considerável período, assinando apenas como JANET, e como ela não é diferente de nós, também se sente desconfortável com pessoas o tempo todo dizendo que ela não era capaz de galgar o seu próprio espaço na indústria no meio de tantas outras mulheres de sucesso como Cher, Cyndi Lauper, Tina Turner, dentre outras.



          Bom, usei o exemplo dela para falar na verdade de uma coisa que é muito nossa também, quem é que não sofre hora ou outra um olhar de condenação ou também aquela olhada de canto de olho como quem diz "Até parece que ele (ela) consegue", essa sensação é horrível. Quando na verdade, não, nós conseguimos sim vencer obstáculos, uma vez que com determinação conseguimos correr atrás com empenho, existem inúmeras histórias de superação, não apenas de famosos e estrelas como no exemplo da Janet, mas também depoimentos de anônimos, pessoas do nosso bairro - que nem sequer temos contato, pessoas que vivem mais próximas da gente do que imaginamos, o negócio é após uma queda, levantar-se e ao ver os antigos sonhos se desmoronarem, ter motivo de trazer outros à tona pra recomeçar.

Obrigado minha gente.
Me segue lá no Twitter, estou diariamente por lá: @JhonyUriel777

         

sexta-feira, 11 de maio de 2018

Definitivamente, Mais Vale ser Feliz

Olha, se tem algo que não vale a pena MESMO, é esperar pela decisão dos outros com relação ao que se refere à NOSSA felicidade. Quem concorda? Tem tanta gente que diz que a gente só tem defeito, que a gente não presta, que a gente faz tudo errado, as pessoas não poupam palavras pra falar o que querem da vida da gente, mas não aparece ninguém pra perguntar se você está precisando de alguma ajuda, seja ela da natureza que for. Isso é o que eu acho engraçado.

Agora estou aqui em casa escutando Rita Lee, e muito feliz, sigo numa fase tão linda de mim, sabe? Um período em que tudo o que eu menos quero saber é problema, estou muito de bem com a vida, mesmo não estando tudo perfeito né, afinal de contas, nem tudo é como queremos, mas no balanço geral estou muito bem, obrigado.



          Algumas semanas atrás fui prestigiar a peça de um amigo meu, o Matheus Ibañez, e vou te dizer viu...foi muito legal, foi lá no Teatro da Neura, e foi muito legal, muito mesmo. Gosto muito de frequentar este espaço, fica aqui na região onde moro, lá tem sempre atividades legais, bem como no Opereta, nos Contadores de Mentira, atividades culturais não faltam por aqui, e eu nem gosto né, rsrsrs. Tenho seguido firme com os desenhos também, no Barbane (o coletivo artístico da qual faço parte) não tenho produzido tanto, mas tenho absorvido bastante coisas com relação ao meu curso na faculdade, e é algo que me deixa cada dia mais feliz, de verdade.

Beijo minha gente,
Sigo sempre por aqui...

Meu twitter: @jhonyuriel777

quarta-feira, 18 de abril de 2018

Vivendo e Aprendendo Constantemente

Este ano tem sido muito bom todos os aprendizados que venho concretizando, tanto na faculdade, quanto no trabalho, atuar tem sido uma resistência de uns tempos pra cá, onde venho realizando cada vez menos trabalhos por agência, a crise chegou e vem devastando os trabalhos de todo mundo, e não apenas quem trabalha por empresa em um serviço regular, mas também os profissionais de eventos, profissionais das artes em geral também sofrem com isso. Os métodos que encontramos são os mais diversos, trabalhar continuamente pra não deixar a peteca cair, tenho feito desenhos por encomenda, idealizado projetos pro segundo semestre, e aguardado que novidades me virão agora após a temporada do Almas Peregrinas terminar.

        

          Na faculdade as coisas estão cada vez mais difíceis, porém, não tem jeito, é muito prazeiroso estudar na Belas Artes, lá a cada dia que passa, confirmo mais ainda ser um sonho, só tenho motivos de agradecer ter a oportunidade de concretizar o meu sonho, estudar na BA me faz muito bem. Sigo com o meu projeto dos desenhos, com o Coletivo Barbane, estamos caminhando devagar, porém, seguindo. Na faculdade estou gravando as novas músicas para o meu 3º CD junto de um querido novo amigo, o Vinicius Pires, queridíssimo e talentoso, nem sei como tive a graça de o universo nos colocar no mesmo caminho, recentemente gravamos uma canção como artistas convidados para um projeto da faculdade, interpretamos a canção Dust in The Wind, da Sarah Brightman, ficou muito legal. Poderá ser conferido em breve.